Ponte sobre córrego Imbirussu deve ficar pronta em 30 dias

Ponte sobre córrego Imbirussu deve ficar pronta em 30 dias
Foto: Diogo Gonçalves

A ponte sobre o Córrego Imbirussu, que ligará o Jardim Carioca ao Polo Empresarial Oeste, encurtando em 6 km o acesso às empresas onde mais de 2.500 pessoas trabalham, deve estar pronto em 30 dias e até outubro, o trânsito será liberado, com o aterramento das cabeceiras e a conclusão do prolongamento da Avenida 7.  Hoje, a única alternativa de rota para quem estiver se deslocando de carro ou motocicleta é pela Avenida Duque de Caxias.

Nesta semana estão sendo colocadas as ferragens antes da aplicação do concreto do tabuleiro, o piso da ponte  que tem 40 metros de extensão e 22 metros de largura, espaço suficiente para abrigar as duas pistas da Avenida 7, a ciclovia e o passeio público para a os pedestres.

Segundo engenheiros da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, está concluído o trabalho mais demorado, que é o de sondagem, implantação das vigas de sustentação, estruturas que pesam entre 6 e 10,5 toneladas cada e construção das cortinas de proteção das margens.

Balanço das obras

A primeira etapa das  obras de drenagem e pavimentação do Nova Campo Grande está com 77% do asfalto programado concluído, 92%  do recapeamento e os 9,6 km de drenagem concluídos. Foram  executados  9,3 km de pavimentação e 5,2 km de recapeamento. A Avenida Amaro Castro Lima já está duplicada até a confluência com a Avenida 2, onde se junta para formar a Avenida 7. Estão prontas as duas rotatórias, uma delas, com a Avenida 4, uma das ligações com o Bairro Serradinho.

Por conta das características do solo (semelhante ao saibro) que absorve pouca água da chuva e o lençol freático aflorado (com 1,5 metro de profundidade a água aflora), foram necessárias soluções de drenagem diferenciadas. Só na Avenida Amaro Castro foram usados 6.138  metros quadrados de pedra rachão na base do asfalto, rebaixamento do lençol e construção de colchões de drenagem para evitar que a água das nascentes venha para a superfície e destrua o pavimento.

Na quinta-feira (28) foi iniciada a pavimentação da Avenida 4, conexão entre a Avenida 9 e a Avenida Wilson Paes de Barros.