GCM passa a contar com fuzis na Capital

GCM passa a contar com fuzis na Capital
Foto Ilustrativa

A Prefeitura de Campo Grande autorizou o uso de fuzis calibre 5.56 aos agentes da GCM. A dotação do armamento foi publicada na quinta-feira (21) no DIOGRANTE. Segundo o Secretário Municipal de Segurança, Valério Azambuja, o porte dos fuzis será destinado apenas para o GPI (Grupo de Pronta Intervenção) da corporação, que conta com 40 agentes. “Tivemos diversos treinamento com a PF (Polícia Federal) e PRF (Polícia Rodoviária Federal) para o uso da pistola .40. Nos treinamentos também testamos os fuzis, que são armamentos leves para se trabalhar”; ressaltou o titular da pasta de segurança municipal.

Conforme o secretário serão adquiridos 10 exemplares do armamento ao custo de R$ 16 mil cada, totalizando R$ 160 mil, que serão pagos com recursos do tesouro municipal. A previsão é de que em até 90 dias o primeiro grupo já esteja aparelhado com o novo equipamento. De acordo com o fabricante a Taurus o armamento é extremamente confiável, leve, de fácil emprego e manutenção.