Com novo pacote de R$ 112 milhões, Governo acelera desenvolvimento de Camapuã

Com novo pacote de R$ 112 milhões, Governo acelera desenvolvimento de Camapuã
Foto: Saul Schramm/Arquivo

Novas obras de infraestrutura que prometem impulsionar o desenvolvimento econômico da Camapuã serão lançadas pelo governador Reinaldo Azambuja nesta quarta-feira (15). O pacote de obras e ações soma R$ 112 milhões em investimentos e contempla a pavimentação da MS-338 entre Camapuã e Ribas do Rio Pardo, que abre uma nova rota estadual de escoamento das riquezas do agronegócio, especialmente da celulose.

Em Camapuã, a agenda de trabalho de Reinaldo Azambuja terá início às 9h na MS-338. Ele vai vistoriar a obra de implantação asfáltica da rodovia, que já teve início e envolve, ao todo, a pavimentação dos 111,5 quilômetros. O primeiro lote da obra, que tem 45,3 quilômetros e recebe R$ 88,8 milhões em investimentos, começa em Camapuã e termina no cruzamento com MS-245.

Depois, às 9h30, o governador visita a agência de trânsito do Detran na cidade, que foi totalmente reformada com R$ 423 mil. 

Na sequência, a partir das 10h, no Parque Poliesportivo do Estudante de Camapuã, Reinaldo Azambuja dará início ao evento de lançamento de novas obras e ações. Ele vai assinar convênio de R$ 3,4 milhões para reforma e adequação do Centro Poliesportivo Maria Inácia Bonfim; inaugurar a arena esportiva do programa "MS Bom de Bola" (R$ 404,8 mil); e autorizar convênio de R$ 108,9 mil para a realização 1º Camapuã Rodeio Festival, que será realizado na cidade em setembro deste ano.

O governador também vai autorizar o início da obra de construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto da Sanesul (R$ 5,6 milhões); autorizar licitação para obra de construção de rede coletora de esgoto com 49 ligações domiciliares (R$ 700 mil); e lançar oficialmente a obra de implantação e pavimentação asfáltica da MS-338, no lote 1, que compreende 45,3 quilômetros do entroncamento da BR-060 até o cruzamento com a MS-245 (R$ 88,8 milhões).

Reinaldo Azambuja ainda vai autorizar o início da elaboração de projeto executivo de engenharia para revitalização da MS-436, no trecho de 61,6 quilômetros entre Camapuã e Figueirão (R$ 1 milhão); liberar o início da obra de pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais no Distrito de Pontinha do Cocho (R$ 9,4 milhões); e autorizar convênio para obra de reforma de pontes de madeira sobre sete córregos: Água Fria, Cachoeirinha, Mandioquinha, Barreiro, Chico Rocha, Taquarussu e Coxim (R$ 2,7 milhões).