5G: entenda o que muda com a chegada do sinal em João Pessoa nesta sexta-feira (29)

Inicialmente, a Anatel havia previsto a chegada da nova tecnologia em João Pessoa somente para o final de setembro

5G: entenda o que muda com a chegada do sinal em João Pessoa nesta sexta-feira (29)

Capital paraibana será a primeira em todo o Nordeste a receber a nova tecnologia. 5G: tecnologia deve chegar em João Pessoa nesta sexta-feira (29) Reprodução/EPTV A quinta geração de internet móvel, o 5G, será ativada nesta sexta-feira (29) em João Pessoa. A capital paraibana será a primeira cidade em todo o Nordeste a operacionalizar a tecnologia. O 5G vai funcionar apenas em celulares mais recentes. Ao todo, segundo a Anatel, 67 celulares que suportam a tecnologia foram homologados como aptos pela agência para receber o sinal de internet.

A expectativa é de que o novo serviço seja oferecido sem custos adicionais aos planos dos consumidores junto às suas operadoras. Claro, TIM e Vivo são as empresas que ganharam o leilão pela frequência 3.5 GHz no Brasil, por onde o sinal do 5G vai ser transmitido. Inicialmente, a Anatel havia previsto a chegada da nova tecnologia em João Pessoa somente para o final de setembro, devido a problemas de ordem logísticos na importação de equipamentos, o que fez a agência estender o prazo. No entanto, novamente, a data foi alterada para operacionalização já a partir de julho.

A quinta geração de internet móvel promete uma revolução: conexão com velocidade ultrarrápida, conexão estável e maior taxa de transferência de dados, o que diminuiria a latência. G1 Explica: a revolução do 5G Além disso, a implementação da nova tecnologia forçará mais de 500 mil domicílios paraibanos a trocarem antenas parabólicas por aparelhos que sejam compatíveis com o sinal digital de TV. Em João Pessoa, a estimativa é de que a mudança deve aconteter para pouco mais de 1,5 mil usuários de antenas parabólicas tradicionais.

Créditos G1 Paraíba