Juiz obriga Bolsonaro a usar máscara no DF

Juiz obriga Bolsonaro a usar máscara no DF

O Juiz Renato Borelli, da Justiça Federal do Distrito Federal em decisão na noite de ontem (23) impôs ao presidente Jair Bolsonaro o uso da máscara sob pena de multa diária de 2.000 reais. O magistrado atendeu uma ação popular movida contra Bolsonaro e a União, no qual tange o uso obrigatório do equipamento que não tem sido respeitado pelo presidente em atos públicos e nem pelos servidores públicos em serviço. “Mostra-se, no mínimo, desrespeitoso o ato de sair em público sem o uso de EPI, colocando em risco a saúde de outras pessoas”, afirmou Borelli.

“Pelo exposto, defiro o pedido de tutela de urgência, para impor ao réu Jair Messias Bolsonaro a obrigatoriedade de utilizar máscara facial de proteção, em todos os espaços públicos, vias públicas, equipamentos de transporte público coletivo e estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços do Distrito Federal, sob pena de cominação de multa diária, que desde já fixo em R$2.000,00”, decidiu Borelli.