COVID-19: “Pará vai ser o epicentro”, diz ex-ministro Mandetta

COVID-19: “Pará vai ser o epicentro”, diz ex-ministro Mandetta

O Governador do Pará, Helder Baralho (MDB) procurou o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta para consultas informais sobre o COVID-19 no Estado. Prefeitos e a iniciativa privada; uma empresa do setor de biotecnologia tem assediado o ex-ministro.

Mandetta está aguardando reposta do Conselho de Ética da Presidência da República para ser liberado da quarentena obrigatório de seis meses após ter deixado o Ministério da Saúde.  

Baralho conversou com Mandetta via teleconferência na última sexta-feira (15). “O estado desponta como o próximo epicentro da pandemia no país depois de Manaus”, apontou Mandetta. O Estado já registrou mais de 10.000 casos rapidamente e chegou na quinta-feira (14) a 12,4 mortes para cada 1000.000 habitantes. Segundo o Ministério da Saúde a média nacional é de 6,7.

Mandetta vem se reunindo com o ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde João Gabbardo dos Reis em sua casa em Brasília. “Nosso conhecimento é muito valioso neste momento e não faz sentido ser desperdiçado”, declarou Mandetta ao justificar seu pedido pra ser liberado da quarentena.